Janeiro 22, 2018

Faça seu login

Nome de usuário *
Senha *
Continuar conectado

Criar uma conta

Os campos marcados com um asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
E-mail *
Verificar e-mail *
Captcha *
Reload Captcha

Cada casa uma usina

Não são só os grandes empreendimentos que podem se beneficiar com a energia solar. Por meio da tecnologia, o consumidor, seja em sua residência, comércio ou indústria, pode utilizar sistemas solares para produzir energia, obter crédito e, assim, reduzir o valor da sua tarifa mensal.

O potencial no País é imenso, mas, no entanto, muitos desconhecem as peculiaridades inerentes ao processo e os valores necessários para investir em fontes de energia limpa.

O investimento depende da demanda energética. Em uma casa popular, por exemplo, com dois quartos, sala, banheiro, cozinha e varanda, e consumo de 50 Kilowatts/hora por mês, são necessários cerca de R$ 3 mil, suficientes para a instalação de sistema solar com fibra de coco.

Segundo estudos, em cerca de 50 meses, é possível recuperar o valor investido com as diminuições na conta. Se a pessoa instalar um sistema offgrid (sem ligação com a distribuidora de energia), só para o horário de ponta, que é de 17h30 a 20h30, consegue que esse retorno caia para 20 meses, pois a tarifa nesse horário é bem mais elevada. Já no caso de uma indústria, a amortização leva de 60 a 70 meses.

Um exemplo bem sucedido disso é o Condomínio Guainazes, em São Paulo. A utilização de energia solar permitiu economizar entre 30% e 50% sem a necessidade de mudar os hábitos de consumo.

Os cilindros e as placas, que custam em média R$ 5 mil, foram instalados gratuitamente pela concessionária Eletropaulo na cobertura dos prédios. A água passa por canos sob a placa e, depois de aquecida, é armazenada no cilindro, que tem capacidade para 200 litros. Depois, ela vai para o chuveiro, que é um dos vilões das contas de eletricidade.

Ao todo foram instalados 160 aparelhos – um para cada apartamento. A iniciativa da Eletropaulo obedece a uma lei que obriga as concessionárias de energia a investirem 0,5% do seu faturamento bruto em programas de eficiência energética.

Itens relacionados (por marcador)

Últimos Tweets

Nosso Índice de Atratividade das Fontes Limpas para o Mercado Livre de Energia virou #VídeoCase. Assistam!… https://t.co/6QkxX6fdLV
From Buffer
A sua empresa já está no Mercado Livre de Energia e quer receber ofertas? Saiba mais! https://t.co/cEKLMcsGcv
From Buffer
Se você está em busca de mais conhecimento sobre o setor de energia, aqui vai uma dica de site que traz um acervo b… https://t.co/AEc4K1Ws7s
Follow FDR Energia on Twitter

Galeria de Artigos

A Comercialização de Energia

A Geração de Energia

Confira casos de sucesso de empresas no mercado livre de energia

A Comercialização de Energia

Confira os benefícios do mercado livre de energia

Confira casos de sucesso de empresas no mercado livre de energia

FDR aposta em projetos de CGHs

A Comercialização de Energia

A Geração de Energia